Seguidores

Pages

22.7.10

Queria que você não parecesse

com tudo aquilo que imagino

de perfeito e de amor

tento pensar em você

sem me apaixonar

chego a jurar que

te escapa algum defeito

erro de fabricação

desvio de trajetória

você tem tudo para ser

alguém que todo mundo quer

e não estou exagerando

nem brincando

eu falo sério

é sério

que eu quero
você!

(Cah Morandi)

19.7.10



CONDIÇÃO HUMANA

Desculpe!
Mas não posso prometer
Que eu nunca vou
Te machucar
Porque!
Sob a dura
Condição Humana
Vivemos eu e você
Como sempre foi
Todo dia, um novo dia...
Eu sei que mal
A gente se juntou
E já mudou
No modo de pensar
E o medo de mudar assusta
Eu sei!
E custa a aliviar
Mas não há de ser
Mais forte que um novo dia...
Afinal!
Tudo aconteceu
De repenteNum sinal!
Era tudo
Tão diferente...
O amor chegou
E eu cheguei prá você
Você me olhou
E a gente pagou prá ver...
Desculpe!
Mas não posso prometer
Que eu nunca vou
Te machucar
Porque!
Sob a dura
Condição Humana
Vivemos eu e você
Como sempre foi
Todo dia, um novo dia...
E se eu não for do jeito
Que espera que eu seja
Não veja isso
Como uma coisa ruim
Assim as nossas diferenças
Jamais serão nosso fim...
Afinal!
Tudo aconteceu
De repente
Num sinal!
Era tudo
Tão diferente...
O amor chegou
E eu cheguei prá você
Você me olhou
E a gente pagou prá ver
(Línox)
(ฺ→ܫ←)ノ"゚♫♬























Para as coisas que existem
sem remédio,
sem solução
que te tragam tédio,
desespero,
frustação,
há outras mil coisas
que são bonitas
que são doces
que são felizes.
(Cah Morandi)
゚・*:.。 (→ܫ◕◕ฺฺܫ◕ฺ) .。.:*・゚

18.7.10

ÀS VEZES...
penso que estou sonhando...
Revendo imagens que se perderam...
Às vezes vejo você chegando me dando um beijo e me deixando só...
Às vezes penso em você sem querer...
E assim volto a viver outra vez a paixão...
Dos que se amam sem saber...
Sem poder prometer...
Se existiu um amanhã, meu amor...
Às vezes chego até mesmo a sentir o seu corpo em minhas mãos para fazer o que quiser...
No prazer de te amar, até cansar...
Às vezes acho que é só um sonho...
E na verdade preciso acordar...
Às vezes quero voltar a viver ao passado...
E começar nosso amor outra vez para poder fazer as coisas que a gente não fez...
E te amar ainda mais, muito mais do que amei.
"Os ventos que às vezes tiram algo que amamos, São os mesmos que nos trazem algo que aprendemos a amar, por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado, mais sim aprender a amar o que nos foi dado, tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre."
(Lilian)
Pode ser um outro dia qualquer desde que não seja hoje...
Me recolho em algum canto onde tudo que quero é beber um pouco de solidão onde posso ficar de pijama passar o dia na cama esperando entardecer vir um novo sol que possa me alcançar e então venha, mas agora não, porque estou em mim
-lá dentro, caçando
-me perdendo e me encontrando... aos poucos me preparando para que você possa vir.
(Cáh Morandi)
EU ESPERO... ♫
Vai sim, vai ser sempre assim
A sua falta vai me incomodar,
E quando eu não agüentar mais
Vou chorar baixinho, pra ninguém ouvir.
Vai sim, vai ser sempre assim,
Um pra cada lado, como você quis
E eu vou me acostumar,
Quem sabe até gostar de mim.
Mesmo que eu tenha que mudar
Móveis e lembranças do lugar,
O meu olhar ainda vê o seu
Me devorando bem devagar.
Vem, que eu ainda quero, vem.
Quando menos espero a saudade vem
E me dá essa vontade, vem
Que eu ainda sinto frioSem você é tudo tão vazio
Vem me dar essa vontade,
Vem que esse amor ainda é meu.
Troco todos os meus planos por um beijo seu
E essa noite pode terminar bem.
♬ ♩ ♭♪ ♬ ♩ ♭♪
(Luiza Possi)

Não sinta pena de quem chora;
Nem raiva de quem xinga;
Não sinta remorso pelas palavras ditas;
Nem se torture pelas não pronunciadas;
Não se revele no primeiro beijo;
Nem se mantenha oculto até o momento da despedida;
Não confunda um tchau com um adeus;
Nem espere um tchau eterno ou um adeus finito;
Não espere a chuva para lembrar-se do sol;
Nem do sol para apreciar a chuva;
Responda a quem te provoque e console quem te xinga;
Quem provoca espera uma resposta,
quem xinga desabafa uma dor incompreendida;
Critique quem faz o que você não concorda, é seu direito;
Porém nunca julgue, pois quem julga abre margem para ser julgado;
Viva sua vida esperando morrer;
Mas não espere morrer para vive-la.
(Gustavo Martins)
AINDA QUE VOCÊ NÃO COMPREENDA...
Quem te causou tanta dor e te fez ficar assim?Não, não me diz! eu odiaria a quem não conheçoe de nada me serviria guardar uma sombra dentro de mimculpando-a pela minha maior infelicidadedói demais te ver assim, olhar cabisbaixo...desolado, sentindo-se um derrotado...carrego a dor de tê-lo perdido para outramas saber que eu o perdí para quem não soube te merecerdói muito mais!eu renunciei a minha felicidade sem contestar...quando você me fez acreditar que eu já não mais podia te fazer felizdoeu ouvir suas palavras...foi uma apunhalada em meu peito ouvir você dizer que estava amando outraque era um sentimento incontrolável, desenfreado!e que era inevitável a nossa separaçãoeu te amava!e te amava bem mais que você pudece avaliar!eu não chorei na sua frente, engoli cada lágrima que insistiu em rolarpara que não sentisse por mim qualquer piedadetinha perdido você, mas não o desejo de ver você feliz...parti sem olhar para trás, deixando em você a certeza que estava tudo beme pude então chorar a minha dor...procurei ter sempre notícias suas, e isto me dava forças para continuar vivendo...o egoísmo jamais atingiu o meu coração e eu consegui te amar da mesma força, sem desejar por um segundo sua infelicidade por causa da minha...agora te vejo sofrendo, por ter sido também trocado por outroe sei exatamente a dimensão da sua dorcomo eu queria sair correndo nerte momento, te abraçar e confortar e dizer que o tempo suaviza toda dor...mais nem isto eu ouso fazer...Não me perdoaria se por conta desta minha atitude você viesse a pensar que eu desejei que tudo isto acontecessee tomado pelo desespero, me culpasse injustamente...desde que nos separamos, você nunca mais se dirigiu e mime isto me fez compreender que eu nada mais representava em sua vida,mas você representava tudo na minha e eu não poderia te desejar qualquer mal...quem sabe pelo sofrimento, você comprrenda que amor (não é aquela paixão devastadora, que te levou embora a razão...)quem sabe, entre o desespero e o desejo de não sofrer, você sinta algo sacudir dentro de você...quem sabe deseje os meu braços, ainda que somente para acalmar a sua dor...eu nao te procurarei...prefiro continuar o meu silêcio e deixar que a vida faça a sua parte...não é orgulho, mas não quero me servir do seu momento de fraquezae de alguma forma forçá-lo a fazer algo de que possa se arrepender depois...não posso negar que no lugar onde você semeou tanta dor, hoje brota uma esperança...eu sou humana e os sentimentos humanos são passivos de um egoísmo inconsciente...alimento agora a esperança de que você possa me procurar...e ainda que peça somente os meus braços para te acolher, eles serão seus...mesmo sem saber o que virá depois, eu te acolherei sem nada pedir ou cobrar...se ainda assim nao for capaz de compreender o meu amor e desejar partir, eu nada farei para impedir...guardarei para você, o amor que a ninguém mais posso dar...talvez um dia, você precise dele outra vez para te confortare eu estarei aqui, pronta para te receber mais uma e quantas vezes você voltar...porque EU TE AMO!e jamais te abandonarei!
(Lilian)

17.7.10


São sete horas de uma manhã chuvosa. Você não dormiu bem à noite. Põe pra tocar um som que deixa suas emoções à flor da pele. Vai para o computador e começa a escrever para alguém especial as coisas mais íntimas que lhe passam no coração. Chora. Escreve. Olha para a chuva. Escreve mais um pouco. Envia. São onze horas DA noite deste mesmo dia. O destinatário DA sua mensagem está dando uma festa. Todo mundo fala alto, RI muito, rola a maior sonzeira. Ele pega uma cerveja e dá uma escapada até o computador. Abre o correio. Está lá a mensagem. Um texto longo que ele lê com pressa. Destaca algumas palavras: "a saudade é tanta.... Sozinha(o) demais.... Dividir o que sinto..." Papo brabo. Responderá amanhã. Deleta. Alguém pode escrever com raiva, escrever com dor, escrever com ironia, escrever com dificuldade, escrever debochando, escrever apressado, escrever na obrigação, escrever com segundas intenções. Nada disso chegará no outro lado DA tela: a pressa, a hesitação, a tristeza. As palavras chegarão desacompanhadas. Será preciso confiar no talento do remetente em passar emoção junto de cada frase. Como pouquíssimas pessoas têm esse dom, uma mensagem sensível poderá ser confundida com secura, tudo porque faltou um par de olhos, faltou um tom de voz. Se você passou a desprezar alguém, pode escrever "não quero mais te ver". Se você AMA muito alguém mas a falta de sintonia lhe vem machucando, pode escrever "não quero mais te ver". Uma mesma frase e duas mensagens diferentes. Palavras são apenas resumos dos nossos sentimentos profundos, sentimentos que para serem explanados precisam mais do que um sujeito, um verbo e um predicado. Por trás da tela do computador está alguém q sofre que chora que se alegra e sente raiva. Ali por trás daquela tela fria está alguém que te enxerga e aceita como você é... que reconhece todos os teus defeitos e ainda assim te ama sem que você mude um único detalhe.
Não é por ser virtual que não é amor... porque pra amar é necessário um coração uma voz te falando de amor um carinho mais valioso que um toque... por trás das palavras existe um coração que deve ser respeitado. Amar não é brincadeira, não é fácil e não é pra qualquer pessoa, não se maltrata um amor, não se pisa nem se joga fora. Se você é amado por alguém e por ventura essa pessoa está a horas e milhas de te, valoriza esse amor, o amor não é um sentimento palpável amor não se toca pois é sentimeto, esteja você onde estiver.
Amor será sempre amor...

(◡‿◡)



Quero alguém pra descobrir
colocar minha bandeira
quero alguém para chamar de casa
para chamar de pátria
para chamar de meu!


✴ฺ
✴ฺ


(Cáh Morandi)


✔CURATIVOS! «

video

Se não era amor, era da mesma família. Pois sobrou o que sobra dos corações abandonados. A carência. A saudade. A mágoa. Um quase desespero, uma espécie de avião em queda que a gente sabe que vai se estabilizar, só não se sabe se vai ser antes ou depois de se chocar contra o solo. Eu bati a 200 km por hora e estou voltando á pé pra casa, avariada.Eu sei,não precisa me dizer outra vez. Era uma diversão, uma paixonite, um jogo entre adultos. Telvez este seja o ponto. Talvez eu Não seja adulta o suficiente para brincar tão longe do meu patio, do meu quarto, das minhas bonecas.abeça, de acreditar em contos de fada, de achar que a gente muda o que sente, e que bastaria apertar um botão que as luzes apagariam e eu voltaria a minha vida satisfatória,sem seqüelas, sem registro de ocorrência Eu não amei aquele cara. Eu tenho certeza que não. Eu amei a mim mesma naquela verdade inventada.Não era amor,era uma sorte. Não era amor, era uma travessura. Não era amor, eram dois travesseiros. Não era amor, eram dois celulares desligados. Não era amor, era de tarde. Não era amor, era inverno. Não era amor, era sem medo. NÃO ERA AMOR, ERA MELHOR"Ser feliz para sempre é aceitar com resignação católica o pão nosso de cada dia esentir-se imune a todas as tentações, então é deste paraíso que quero fugir. Nãoestou disposta a inventar dilemas que não existem, mas quero reencontrar aquelesque existem e que foram abafados por minha vida correta.


(Martha Medeiros)